A expedição Caminhos dos Geraes é um evento idealizado e executado pela
Fundação Genival Tourinho com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e
Desenvolvimento Sustentável de Montes Claros, dos institutos Grande Sertão e Vidas
Áridas e, também, da OVIVE. Trata-se de um grande evento que foi iniciado no ano de
2005 onde diversas pessoas, dentre elas, pesquisadores, estudantes, ambientalistas,
jornalistas, representantes políticos e convidados se deslocam pelo território norte
mineiro observando as belezas naturais como veredas, cachoeiras, rios, parques e
cavernas bem como catalogando e inventariando os mais variados níveis de agressão ao
meio ambiente.
Não se trata apenas de mais uma aventura pelo sertão mineiro. Trata-se da
realização de incursões em áreas de grande relevância ambiental do Norte de Minas,
preservadas ou não, que sofreram processos de degradação ambiental provocada por
ações inconsequentes. Para isso, as equipes que irão a campo serão orientadas a
catalogarem todos os eventos visualizados durante o percurso. Seja nas chapadas, nas
veredas, nos parques e nos rios, o olhar diferenciado e multidisciplinar para os
problemas ambientais será essencial para alcançarmos os objetivos propostos nessa
Expedição Caminhos dos Geraes de 2017.
A última edição da expedição foi realizada no ano de 2008. Devido a
mudanças na gestão municipal de Montes Claros a Expedição Caminhos dos Geraes
deixou de ser realizada e, consequentemente, alguns eventos importantes do ambiente
natural tanto municipal quanto regional deixaram de ser catalogados.
Agora, no ano de 2017 a Expedição Caminhos dos Geraes será realizada
durante quatro dias, no período de 07 a 10 de setembro. Mais organizado e melhor
gerenciado que as edições anteriores, o projeto propõe, além de catalogar e inventariar
diferentes eventos naturais e antrópicos, dar um retorno à sociedade sobre os trabalhos
desenvolvidos pelas equipes. Esse retorno à sociedade está previsto na forma de três
filmes com duração de vinte seis minutos cada, construção e manutenção de um blog de
internet com notícias relacionadas à questão ambiental e reportagens que serão exibidas
no noticiário local pelas televisões, rádios, jornais e revistas.

Nossa região

Nossa região fará parte do terceiro roteiro, chamado de Peruaçu. Sairá de Montes Claros com destino
a Januária, seguirá até Pandeiros, que abriga um dos aquíferos do rio São
Francisco e é um berço natural onde várias espécies se reproduzem e se desenvolvem,
sendo considerado o pantanal mineiro. Depois, a Expedição seguirá para a região do
Gibão, no município de Montalvânia. Nesse tempo, será visitado o Parque Nacional
Grande Sertão Veredas onde serão catalogados os problemas do seu entorno. O rio
Carinhanha será visitado e, no dia seguinte, a Expedição seguirá para o Parque Estadual
Cavernas do Peruaçu. Lá, importantes paisagens naturais serão visitadas bem como os
problemas ambientais do seu entorno relatados.
Um olhar diferenciado será voltado aos povos e comunidades tradicionais
do vale do Peruaçu que cada vez mais lutam para verem garantidos os seus direitos e
territórios. As práticas culinárias serão evidenciadas e levadas em consideração no
processo de entendimento da tradicionalidade dessas gentes.
Informamos que nesse percurso uma equipe da Unesco acompanhará os
expedicionários, pois há a possibilidade de reconhecimento do Parque Nacional do
Peruaçu como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *