Januária completa, hoje, 157 anos

Januária completa, hoje, 157 anos de emancipação político-administrativa. Sua história começou a ser contada na comunidade de Brejo do Amparo, que foi o núcleo do povoado do município. Com seus imponentes casarios estilo colonial e uma joia do barroco mineiro: a Igreja da Nossa Senhora do Rosário, datada de 1688, construída em um quilombo orientado pelos jesuítas.

Nos arredores de Brejo do Amparo localiza-se a principal zona produtora de cachaça, a comunidade denominada Sítio onde os visitantes têm a oportunidade de conhecer o roteiro dos alambiques e todo seu o processo de fabricação artesanal, o distrito conta com trilhas e ruas propícias para a prática do ecoturismo. Outra atração à parte são as cavernas do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, em Fabião, que busca reconhecimento como patrimônio da humanidade.

Este ano a cidade voltou a ter esperança na recuperação das tradições da cidade, um exemplo foi a temporada de praia e a expansão do turismo, um dos fatores que tem contribuído para melhoria dos negócios locais. Estava prevista a construção de um parque fluvial urbano às margens do Rio São Francisco com recursos do Fundo Socioambiental Caixa Econômica Federal e que poderá devolver à cidade os tempos áureos de glória em relação ao turismo praieiro.

Como parte das comemorações festivas, hoje às 5 horas da manhã a cidade amanheceu ao som de uma alvorada, às 7:30 um bolo com 157 metros foi entregue para a população, às 16 horas haverá desfile cívico e a partir das 21 h iniciará uma série de shows finalizando com Matheus e Felipe a partir das 1 h da madrugada.
(Fonte: Ass. Prefeitura)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *