Publicada licitação do projeto de engenharia do asfaltamento entre Januária e Chapada Gaúcha

A população norte-mineira comemora mais uma conquista histórica para a região. Depois de mais de 40 anos de espera, o asfaltamento da MGC-479, entre Januária e Chapada Gaúcha, que liga o Norte do Estado à Capital do País, começa a virar realidade. No último sábado (24/02/18), o Diário Oficial de Minas Gerais trouxe a publicação dos editais de licitação para a elaboração dos projetos de engenharia, que são o primeiro passo para a pavimentação da estrada. Na segunda-feira, dia 26, o deputado Paulo Guedes, que levou a reivindicação ao governador Fernando Pimentel e que vem acompanhando a demanda, se reuniu com o diretor-geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem – DEER/MG, Davidson Oliveira, para falar sobre o andamento do processo.

O trecho sem asfaltamento da rodovia totaliza 160 km e, na licitação do projeto, foi dividido em dois lotes: o Edital nº 015/18 abrange o subtrecho Rio Pardo a Chapada Gaúcha, com 60,5 km de extensão. Já o Edital nº 016/18, compreende o subtrecho de Januária a Rio Pardo, com 99,5 km. Ambos estão sendo realizados na modalidade Concorrência. A entrega dos envelopes está marcada para o dia 02/04/18, até às 17h. A abertura será no dia 03/04/18, às às 9h30 (Edital nº 015/18) e às 14h30 (Edital nº 016/18).

O valor estimado pelo DEER/MG para o projeto do subtrecho Rio Pardo/Chapada Gaúcha é de 3.135.915,43 (três milhões, centro e trinta e cinco mil, novecentos e quinze reais e quarenta e três centavos). Já o projeto do subtrecho Januária/Rio Pardo está orçado em 4.901.020,95 (quatro milhões, novecentos e um mil, vinte reais e noventa e cinco centavos).

“Além da melhoria da qualidade de vida dos moradores e da facilidade no transporte de pessoas e mercadorias, a proposta de um projeto que liga o Extremo Norte de Minas à capital federal também visa ao desenvolvimento econômico e turístico da região por onde passa o Rio São Francisco o qual abriga importantes complexos ambientais como a APA Pandeiros, principal berçário de peixes do Rio São Francisco, e o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, candidato a Patrimônio da Humanidade – UNESCO”, enfatizou Paulo Guedes.

Ao ressaltar a importância desta obra, que envolve, diretamente, as cidades de Januária e Chapada Gaúcha e os distritos de Serra das Araras, Pandeiros, Tejuco e São Joaquim, totalizando uma população de mais de 100 mil pessoas, o deputado Paulo Guedes agradeceu ao governador Fernando Pimentel, que, mesmo enfrentando uma situação financeira precária do Estado, não mediu esforços para atender a esta reivindicação do Norte de Minas.O parlamentar também enfatizou a participação de diversas lideranças da região em prol do movimento pelo asfaltamento da MGC 479.

Foto: Anderson do Som
Pauta: Rita Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *