Reintegração de posse em terreno da Prefeitura de São Francisco

Na manhã de ontem, quarta-feira(31), aqui na cidade de São Francisco, precisamente nas proximidades da entrada do município (Via rodovia Mg 402), imediações do Parque de Exposições Zezé Botelho nos bairros Morada do Sol, Sagrada Família; a Polícia Militar prestou efetivo apoio na cobertura policial aos oficiais de justiça, representantes do Poder Judiciário da Comarca local, para o cumprimento do mandado judicial, expedido pela Meritíssima Juíza de Direito Clarissa Pedras Gonçalves de Andrade, de uma área urbana invadida por cerca de 80 (oitenta) pessoas aproximadamente, distribuídas em mais ou menos 23 (vinte e três) famílias.
Trata-se de uma área pertencente ao município de São Francisco, destinada para o denominado setor industrial. No local foram constatados cerca de 29 (vinte e nove) edificações de alvenarias finalizadas, outras 24 (vinte e quatro) em processo de construção e aproximadamente 17 (dezessete) barracos de lona construídos.
A invasão teria ocorrido em meados do mês de agosto de 2016, tendo o Poder Executivo Municipal ajuizado ação solicitando a reintegração da posse da área.
A Operação contou com grande aparato policial, somando cerca de 78 (Setenta e oito) policiais militares, distribuídos em 16 (dezesseis) viaturas. Efetivo este oriundo da sede da Unidade e demais destacamentos, além do apoio de militares da 11ª Companhia de Polícia Militar Independente de Policiamento Especializado de Montes Claros, equipes de negociação, de choque e canil.
A operação policial de Reintegração foi acompanhada por representante do Poder Judiciário (Oficiais de Justiça), Ministério Público local (Promotor), do Poder Executivo (Prefeitura), da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Conselho Tutelar.
Representante da Prefeitura com apoio da Polícia Militar, promoveu em data anterior ao dia da operação de Reintegração, uma reunião com as famílias, que resultou na saída antecipada de cerca de 50% das pessoas envolvidas cadastradas.
Finalmente, ao longo desta quarta feira, o processo de Reintegração transcorreu de forma inteiramente pacífica. Durante a operação, conforme autorização judicial, as edificações foram demolidas por máquinas da prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *